Buscar
  • siteexporioverde

SINDICATO RURAL INVESTE NO PRODUTOR



O Sindicato Rural de Rio Verde trouxe uma novidade em alguns dos pavilhões onde são alojados os animais durante a Expo Rio Verde. O diferencial ficou por conta da construção de currais dentro dos pavilhões do parque de exposição Garibaldi da Silveira Leão.

Os currais têm como objetivo, dar maior abertura para a participação no comércio de pecuária e aumentar a oportunidade do produtor expor e comprar também os animais que são criados no campo e não estão tão habituados ao público como os comuns animais que compõem a pista (o gado que participa e compõem os julgamentos). Dessa os animais do “pasto” também podem ter a mesma qualidade e carga genética dos animais de “pista”.

A estrutura fixa também é vantajosa no quesito segurança. Como esse tipo de rebanho não tem tanto contato com o elevado número de pessoas que comportam o parque, o curral acaba sendo uma forma de garantir a segurança tanto do animal, quanto a dos visitantes e prevenir quaisquer incidentes.

A ideia dos currais foi um sucesso, os expositores das raças Angus e Nelore utilizaram a capacidade máxima do espaço. A demanda pelo cercado foi tão grande que a expectativa para o próximo ano é que sejam aumentados em grandes escalas.

Sandoval Bailão Fonseca Filho, agropecuarista e diretor do Sindicato Rural, é um dos expositores que trouxe o gado da Fazenda Mata Grande. E falou sobre a importância do investimento do Sindicato Rural. “O motivo de montar os currais é dar oportunidade para o produtor negociar animais, comprar ou vender, já que o gado das “argolas” tem alto valor agregado, o que deixa inviável a negociação, além de dar mais segurança para o ambiente”.

O projeto dos currais foi idealizado pelos diretores Olávio Teles Fonseca e Sandoval Bailão Fonseca Filho.

3 visualizações
  • Facebook ícone social
  • Instagram

Expo Rio Verde 2020